Imprimir

Curso: Enfermagem
Disciplina: BIOESTATISTICA E EPIDEMIOLOGIA
Semestre: Terceiro Pré-requisito:
Carga horária semanal: 04 horas Carga horária semestral: 80

 

Ementa:
Métodos estatísticos para a análise de dados, com aplicações em dados da área da Enfermagem. Bases da Epidemiologia, a aplicação de conceitos e métodos e a sua prática nos diferentes níveis de gestão, na organização dos serviços e na implantação de modelos de atenção à saúde, para atender as necessidades da população nos três níveis de atuação, promoção, prevenção e recuperação da saúde. Controle de danos, riscos e causas determinantes que afetam a saúde e os princípios que norteiam o Sistema Único de Saúde (SUS). Planejamento, desenvolvimento e avaliação de inquérito de saúde e construção do perfil epidemiológico de uma dada população. O perfil epidemiológico da população no município de Castanhal e do Estado do Pará.

 

Conteúdo Programático:

UNIDADE I – BIOESTATÍSTICA
- A ciência estatística na pesquisa
- População e amostra
- Estudo de variáveis: conceito, distribuição de freqüência, apresentação gráfica e tabular
- Medidas de dispersão
- Teoria básica de probabilidades
- Distribuições amostrais: média e proporção
- Testes de Hipóteses: fundamentos básicos, testes uni e bilaterais
- Teste de correlação de Qui-quadrado

UNIDADE II – EPIDEMIOLOGIA

- Epidemiologia (principais conceitos e medidas de ocorrência)
- Componentes de uma investigação epidemiológica
- O método epidemiológico. Delineamento do estado epidemiológico
- Diagnóstico de Saúde (demografia, perfil de morbidade, mortalidade e demanda por serviços de saúde)
- Principais indicadores da situação de saúde e indicadores de doenças
- História Natural da Doença. Análise da História Natural da Doença. Diferente níveis de prevenção
- O processo saúde-doença. Fatores relacionados ao processo e sua inter-relação
- Epidemiologia e Profilaxia das Doenças de Massa: Principais endemias e epidemias da Amazônia, epidemias infectocontagiosas
- Vigilância Epidemiológica
- Objetivos, usos e instrumentos dos diagnósticos de saúde
- Estruturação e acesso a fontes de dados de saúde
- Perfis de morbidade e mortalidade no Brasil, com ênfase na Epidemiologia da Amazônia
- Sistemas de informação epidemiológica: SIM, SINASC, SISVAN, SIAB

 

Bibliografia Básica: 

MARTINEZ  EVORA, Yolanda Dora. Processo de Informatização em Enfermagem: orientações básicas. São Paulo: EPU, 1995.
MARIN, Heimar F. Informática em Enfermagem. São Paulo: EPU,1995.
VELLOSO, Fernando de Castro. Informática: conceitos básicos. 7. Ed. rev. E atual.  Rio de Janeiro: Campus, 2004.

Bibliografia Complementar

CAPRON, Harriet L.; JOHNSON, J. A. Introdução à Informática. São Paulo: Prentice Hall Brasil, 2004.
MARÇULA, Marcelo; BENINI FILHO, Pio Armando. Informática – Conceitos e Aplicações. São Paulo: Érica, 2005.
Hannah, Kathryn J. ; BALL. Marion J. ; EDWARDS, Margaret J. Introdução à Informática em Enfermagem. 3.ed. Porto Alegre: Artmed, 2009.
SILVA, Mário Gomes da. Informática: terminologia Básica. São Paulo: Érica, 2008.