Imprimir

Curso: Bacharelado em Direito
Disciplina: Psicologia Jurídica
Semestre: Segundo Pré-requisito:
Carga horária semanal: 02 Carga horária semestral: 40

Ementa:
Histórico da Psicologia Jurídica no Brasil. Psicologia e Senso Comum. Campos de atuação da Psicologia Jurídica. Lei Simbólica e Lei Jurídica. Individualidade X Subjetividade. Abordagens psicológicas. A linha tênue que perpassa a esfera do "normal" e do "patológico". Instituições e grupos. Poder e poder nas instituições. Os campos teóricos e práticos da Psicologia e sua interface com o Direito. Atuação em rede.

Conteúdo Programático:
UNIDADE I: Pressupostos Históricos e filosóficos da Psicologia enquanto Ciência
História da Psicologia
História da Psicologia Jurídica no Brasil
Psicologia e Senso Comum
Campos de Saberes da Psicologia
Lei Simbólica e Lei Jurídica
UNIDADE II: Abordagens psicológicas e a sua interface com o judiciário
Psicanálise
Gestalt
Behaviorismo
Abordagem Sócio-Histórica
Esquizoánalise 
Grupos e Instituições
O poder nas Instituições
UNIDADE III: O processo de avaliação psicológica no judiciário
O laudo, o parecer o relatório
Psicologia forense
Criminologia crítica
Campos de atuação da Psicologia Jurídica
UNIDADE IV: Visão dualista e perspectiva heterogenia do ser humano
Personalidade e Subjetividade
Normal e patológico
Atuação interdisciplinar
Atuação em rede
UNIDADE V: Temas e debates atuais em Psicologia Jurídica
Justiça Restaurativa
Pedofilia
Adoção de crianças por casais homoafetivos
Redução da maioridade penal
Violência contra mulher e a Lei Maria da Penha
Institucionalização de crianças/crianças abrigadas
Internação Compulsória de usuários de “drogas”
Crimes em Família
Judicialização da Vida
O ECA

 

Bibliografia Básica:

BOCK, Ana Mercês Bahia; FURTADO, Odair; TEIXEIRA, Maria de Lourdes Trassi. Psicologias: uma introdução ao estudo da psicologia. 13. Ed. reform. eampl. São Paulo: Saraiva, 2002.
FIORELLI, Maria Rosa; FIORELLI, Jose Osmir; MALHADAS JUNIOR, Marcos JulioOlivé. Psicologia aplicada ao Direito. São Paulo: LTR, 2006.
FIORELLI, José Osmir; MANGINI, Rosana C. R. Psicologia Jurídica. 2ª ed. São Paulo: Atlas. 2010.

Bibliografia Complementar:

BRITO, Leila Maria Torraca (Org.). Temas de psicologia jurídica. 4. Ed. Rio de Janeiro: Relume Dumará, 2005.
FARR, Robert M. As raízes da psicologia social moderna. Petrópolis: Vozes, 1996.
JESUS, Fernando. Psicologia aplicada à justiça. 2. Ed. Goiânia: AB, 2006. (Curso de direito).
TRINDADE, Jorge. Manual de psicologia jurídica: para operadores do direito. 3. Ed. rev. e ampl. Porto alegre: livraria do advogado, 2009.
DAVIDOFF, Linda L. Introdução à psicologia. 3. Ed. São Paulo: Pearson Makron Books, 2001. (02 Ex.)