Imprimir

Curso: Cruso Superior de Tecnologia em Redes de Computadores
Disciplina: LIBRAS
Semestre: Quinto Pré-requisito:
Carga horária semanal: 02 Carga horária semestral: 40

Ementa:

Histórico da Língua de Sinais; Língua de sinais e língua portuguesa para surdos; Identidades e cultura surda; Políticas de inclusão do surdo; Estudos e complexidades inerentes a LIBRAS. 

Conteúdo Programático:

Bibliografia Básica: 

CARVALHO, Ilza Silva de; CASTRO Alberto R. de. Comunicação por Língua Brasileira de Sinais. Brasília: Senac, 2005.
CAPOVILLA, Fernando César; RAPHAEL, Walkíria Duarte (Ed.) Dicionário Enciclopédico Ilustrado Trilingue da Língua de Sinais Brasileira, V.1: sinais de A a L. São Paulo: Edusp, 2008.
CAPOVILLA, Fernando César; RAPHAEL, Walkíria Duarte (Ed.) Dicionário Enciclopédico Ilustrado Trilingue da Língua de Sinais Brasileira, V.2: sinais de M a Z. São Paulo: Edusp, 2008.
PIMENTA, Nelson; QUADROS, Ronice Muller de. Curso de libras. 3. Ed. Rio de Janeiro: LSB Vídeo, 2008. V.1.
PIMENTA, Nelson; QUADROS, Ronice Muller de. Curso de libras. 4. Ed. Rio de Janeiro: LSB Vídeo, 2010. V.1.

Bibliografia Complementar:
QUADROS, Ronice Muller; KARNOPP, Lodenir Becker. Língua de Sinais Brasileira: estudo lingüístico. Porto Alegre: Artmed, 2004
SKLIAR, Carlos. A surdez: um olhar sobre as diferenças. 3. Ed. Porto Alegre: Mediação, 2005.
STROBEL, Karin. As imagens do outro sobre a cultura surda. 2. Ed. rev. Florianópolis: UFSC, 2009.
STROBEL, Karin. As imagens do outro sobre a cultura surda. rev. Florianópolis: UFSC, 2008.
GESSER, Audrei. Libras? Que língua é essa? Crenças e preconceitos em torno da língua de sinais e da realidade surda. São Paulo: Parábola, 2009.
THOMA, Adriana da Silva; LOPES, Maura Corcini. A invenção da surdez: cultura, alteridade, identidade e diferença no campo da educação. Santa Cruz do Sul: EDUNISC, 2004.